img:Bitcoin
Bitcoin - BTC
€ 1,16 -1.89%
img:Ethereum
Ethereum - ETH
€ 0.414157116582 -3.76%
img:Chiliz
Chiliz - CHZ
€ 62.984,39 -2.26%
img:XRP
XRP - XRP
€ 0.492378 0.58%
img:Shiba Inu
Shiba Inu - SHIB
€ 0.93070231188 0.3%
img:USD Coin
USD Coin - USDC
€ 0.434741442498 -3.15%
img:Cardano
Cardano - ADA
€ 3.572,63 2.03%
img:ApeCoin
ApeCoin - APE
€ 0.108745956363 -4.22%
img:Solana
Solana - SOL
€ 2,28 -3.12%
img:MANA (Decentraland)
MANA (Decentraland) - MANA
€ 166,32 -0.4%
img:Bitcoin
Bitcoin - BTC
€ 1,16 -1.89%
img:Ethereum
Ethereum - ETH
€ 0.414157116582 -3.76%
img:Chiliz
Chiliz - CHZ
€ 62.984,39 -2.26%
img:XRP
XRP - XRP
€ 0.492378 0.58%
img:Shiba Inu
Shiba Inu - SHIB
€ 0.93070231188 0.3%
img:USD Coin
USD Coin - USDC
€ 0.434741442498 -3.15%
img:Cardano
Cardano - ADA
€ 3.572,63 2.03%
img:ApeCoin
ApeCoin - APE
€ 0.108745956363 -4.22%
img:Solana
Solana - SOL
€ 2,28 -3.12%
img:MANA (Decentraland)
MANA (Decentraland) - MANA
€ 166,32 -0.4%
Henrique Agostinho
Henrique Agostinho
a- A+

Stablecoins, as criptomoedas ao contrário

De todas as excitantes criptomoedas que por aí pululam, as mais controversas devem ser as Stablecoins, o que não é feito pequeno, pois se há setor que fervilha de polémica é este. De entre os motivos para o destaque, provavelmente está que as Stablecoins se valorizam e comportam bem ao contrário do que é de esperar de uma criptomoeda.

Stablecoins, como o nome indica, não, não vem de estábulo, são moedas cujo valor é estável, arbitrariamente marcado, fixo, sendo que a generalidade estas moedas é estável contra o US Dollar, fazendo com que cada 1 destes tokens, vale, a cada momento e com pequeníssimas variações, 1 US Dollar.

Ora, uma criptomoeda que vale estavelmente 1 dólar é um como uma contradição, porque as criptomoedas são reconhecidamente instáveis, voláteis, no seu valor e mais ainda contra-intuitivo é quando essa estabilidade é medida contra os dólares inflacionários.

É que ao contrário das criptomoedas que começam todas por valer zero e tendem a valorizar com o tempo, o USDollar, bem como todas as outras moedas governamentais, começam por valer o tanto que o governo mandar e daí caem, tendendo todas para zero.

Este contraste de uma critpomoeda que estavelmente tende para zero, no meio de criptomoedas que instavelmente vão em direção à lua, veio resolver uns problemas bem prementes no mercado e talvez criar outros tantos inesperados. Especificamente, a dificuldade maior que as Stablecoins vieram resolver, foi haver algo contra o qual as outras criptomoedas pudessem ser trocadas.

É que até à invenção das Stablecoins (a mais antiga data de 2015, mas só lá para 2017 é que se deu verdadeiro uso à coisa) todas as exchanges (as bolsas de compra e venda de cripto-moedas) sofriam do problema de não ter como comprovar as moedas governamentais lá depositadas ou registar trocas com valores estáveis. Ou seja, quando se mandava uma transferência bancária para as exchanges, esperava-se que esse dinheiro fosse traduzido em criptomoedas instáveis, sem comprovação, sem nenhum blockchain, na base da pura confiança, como se fosse o BES.

A falta que as Stablecoins faziam ao funcionamento das exchanges era tanta que a primeira a ser adotada (USDT ou Tether como se lhe quiser chamar) pegou como fogo e apesar de todas as trapalhadas monumentais e perseguições governamentais em que a empresa criadora se encontrou, a adopção da solução foi em massa, a ponto de esta moeda valer agora uns espantosos 70 billhões de dólares, valor que curiosamente ninguém sabe bem onde está.

Para obviar aos problemas da USDT/Tether, apareceram muitas outras Stablecoins (DAI, USC, BUSD, UST, GUSD, etc.), sendo as maiores delas garantida e gerida pelas grandes bolsas mundiais (Coinbase, Genesis, Binance, etc), tendo cada uma delas a sua tecnologia aperfeiçoada, mas nenhuma delas verdadeiramente destronando o líder de mercado, bem pelo contrário, cada uma destas novas Stablecoins veio foi somar aos muitos bilhões que valem as Stablecoins.

O crescimento acelerado destas moedas fez muita gente invejosa e ignorante inventar que era através da criação de Stablecoins, vindas do nada, que se impulsionava o preço do Bitcoin. Ora nada mais errado, em primeiro lugar porque as Stablecoins concorrem com o Bitcoin, em segundo lugar porque ninguém é obrigado a aceitar Stablecoins, como são obrigados a fazer com o Euro ou o Dólar. Para o demonstrar, imagine-se que o Tether desaparecia, via o seu valor cair para zero, nesse momento nenhuma pessoa com Bitcoin na mão iria ser prejudicado, por aquela outra moeda perder o valor. Tal como qualquer outra critptomoeda, as Stablecoins competem com o Bitcoin, disputam procura pelos Bitcoins, oferecendo aos compradores novas e expansivas alternativas para aplicar as suas poupanças.

É também pela expansão contínua da quantidade de Stablecoins que está o maior ganho destas moedas. Porque têm uma utilidade tremenda (ao facilitarem o trading com todo o tipo de criptomoedas instáveis) e porque o seu valor não aumenta (é igual ao US Dollar, ou seja, tende para zero), a utilidade e valor das Stablecoins é traduzido em rendimento, yields (ou juros)

Sim, aquela coisa que antigamente os Bancos pagavam pelos depósitos, alguns de nós ainda se lembram, do dinheiro lá aplicado que rendia uns tantos porcentos ao ano. É verdade, os bancos há muito que já não fazem disso, mas as stablecoins sim fazem. As moedas estáveis rendem juros, quando estão aplicadas, e mais interessante ainda, rendem uns juros bastante apreciáveis.

20% ao ano sobre o valor equivalente em dólares, é o quanto se pode obter de forma estável e contabilizada ao minuto nas carteiras de UST. Sem instabilidade, sem surpresas, um ganho constante e regular de 20% ao ano sobre o dólar, faz lembrar o antigamente, mas melhor que o antigamente.

Em resumo, para quem não tem estômago para as (des)valorizações diabólicas do Bitcoin, uma alternativa interessante e estável, é fazer uma aplicação numa carteira em moeda estável a render 20% ao ano sobre o dólar. Diz até que se fica a ganhar acima da inflação.

http://select.criptoloja.com

Abra uma conta de criptomoedas com a Criptoloja, bastando clicar no seguinte botão.

Vamos Começar? ->

Destaques Autor
img:Henrique Agostinho

Henrique Agostinho