img:Bitcoin
Bitcoin - BTC
€ 61.323,91 1.11%
img:Ethereum
Ethereum - ETH
€ 2.934,80 1.19%
img:Chiliz
Chiliz - CHZ
€ 0.109093583706 6.38%
img:XRP
XRP - XRP
€ 0.495972846 4.57%
img:Shiba Inu
Shiba Inu - SHIB
€ 2,27 2.46%
img:USD Coin
USD Coin - USDC
€ 0.951489042243 0.55%
img:Cardano
Cardano - ADA
€ 0.462203856798 3.82%
img:ApeCoin
ApeCoin - APE
€ 1,20 3.35%
img:Solana
Solana - SOL
€ 137,92 -0.23%
img:MANA (Decentraland)
MANA (Decentraland) - MANA
€ 0.431391189 4.92%
img:Bitcoin
Bitcoin - BTC
€ 61.323,91 1.11%
img:Ethereum
Ethereum - ETH
€ 2.934,80 1.19%
img:Chiliz
Chiliz - CHZ
€ 0.109093583706 6.38%
img:XRP
XRP - XRP
€ 0.495972846 4.57%
img:Shiba Inu
Shiba Inu - SHIB
€ 2,27 2.46%
img:USD Coin
USD Coin - USDC
€ 0.951489042243 0.55%
img:Cardano
Cardano - ADA
€ 0.462203856798 3.82%
img:ApeCoin
ApeCoin - APE
€ 1,20 3.35%
img:Solana
Solana - SOL
€ 137,92 -0.23%
img:MANA (Decentraland)
MANA (Decentraland) - MANA
€ 0.431391189 4.92%
Luís Gomes
Luís Gomes
a- A+

No anterior artigo expliquei as principais razões da queda da Luna e do UST, a primeira o token do Blockchain Terra, a segunda uma StableCoin algorítmica utilizada em aplicações de poupança da Terra, como o Anchor Protocol.

Como sabemos o valor da Luna é praticamente inexistente e o UST cota abaixo de 10 cêntimos do USD, pelo que representaria uma perda superior a 90%.

Tendo em conta este contexto, a comunidade tem estado a trabalhar em propostas para fazer reabilitar o blockchain Terra. Segundo a proposta, nesta altura votada favoravelmente com mais de 80%, passará pela renomeação da actual Luna para Luna Classic e o lançamento de um novo token denominado Luna.

A grande maioria dos membros da Comunidade irá ser contemplada com uma nova emissão que terá por base as seguintes definições:

  • Pré-ataque: momento em que o bloco 7.544.910 foi fechado e validado no dia 7 de Maio de 2022;
  • Pós-ataque: momento em que o bloco 7.790.000 for fechado e validado, que deverá acontecer no próximo dia 27 de Maio de 2022;
  • Detentores da Luna/ Pré-ataque: endereços Terra que possuíam menos de 10 mil Lunas no dia 7 de Maio, correspondente ao fecho do bloco 7.544.910;
  • Comunidade Terra: corresponde essencialmente aos validadores do blockchain Terra;
  • Detentores de UST/ Pós-ataque: endereços Terra que possuam USTs no momento do fecho do bloco 7.790.000, que se prevê ocorrer no próximo dia 27 de Maio de 2022;
  • Depositantes Anchor Protocol (Pré-ataque): endereços Terra que possuíam menos de 500 mil aUSTs no momento do fecho do bloco 7.544.910 que ocorreu no dia 7 de Maio de 2022;
  • Detentores da Luna/ Pós-ataque: endereços Terra que possuam Lunas no momento do fecho do bloco 7.790.000, que se prevê ocorrer no próximo dia 27 de Maio de 2022;

De acordo com a proposta, a nova emissão de Luna será distribuída de acordo com o ilustrado na Figura 1.

Figura 1

Importa deixar claro o seguinte: para quem tinha um depósito no Protocolo Anchor no último dia 7 de Maio, no momento do fecho do bloco 7.544.910, e não converter o seu depósito para UST até ao próximo dia 27 de Maio, não irá participar no bloco dos “Detentores de UST/ Pós-ataque”; esta será a nossa Situação 1.

Se o depositante no Protocolo Anchor converter os seus aUSTs para USTs até ao fecho do bloco 7.790.000, que se prevê que venha a ocorrer no próximo dia 27 de Maio, irá não só participar no bloco “Depositantes Anchor (Pré-ataque)”, correspondente a 10% da nova emissão, mas também no bloco “Detentores de UST/ Pós-ataque”, correspondente a 15%. Neste caso irá participar em 25% da nova emissão, esta será a nossa Situação 2.

No caso da Situação 1, no último dia 7 de Maio, o valor do aUSTs era de 11,5 mil milhões de USD aproximadamente (Fonte: https://app.anchorprotocol.com/). O depositante irá receber 10% do valor do blockchain Terra na proporção do seu depósito – assumindo que era inferior a 500 mil USTs – no último dia 7 de Maio.

No caso da Situação 2, tendo em conta os USTs em circulação, aproximadamente 11,5 mil milhões de USD (fonte: https://coinmarketcap.com/currencies/terrausd/ ver circulating supply), significa que no próximo dia 27 de Maio, o detentor de USTs irá receber 15% do valor do blockchain Terra na proporção dos seus USTs face ao montante em circulação. Ou seja, quem neste momento realizar um levantamento do protocolo Anchor, transformando aUSTs para USTs, irá participar em 25% da nova emissão de Luna Classics.

Tendo em conta que há poucas semanas o blockchain Terra valia cerca de 40 mil milhões de USD, construímos alguns cenários para calcular os ganhos e perdas potenciais para quem manteve as suas posições em aUSTs e USTs.

Vamos então analisar de que forma chegámos aos valores da Figura 2. Vamos imaginar o cenário em que o blockchain Terra valha 150% dos 40 mil milhões de USD, ou seja, vale 60 mil milhões de USD.

No caso da Situação 1, tendo em conta que os depósitos no último dia 7 de Maio valiam 11,5 mil milhões de USD e que estes têm direito a 10% do valor do blockchain Terra, neste caso 6 mil milhões de dólares, significaria uma perda em torno de 49%, tal como podemos observar na Figura 1.

Figura 2

Em relação à Situação 2, se esse depositante no protocolo Anchor convertesse os seus aUSTs em USTs, teria direito a receber não só a sua proporção dos 6 mil milhões, mas também 15% do valor do blockchain Terra, neste caso 9 mil milhões de USD. Assim, iria receber 15 mil milhões de USD, o que significaria um ganho de 30% em relação aos 11,5 mil milhões de USD.

Importa referir que as Lunas que cada investidor receba nos próximos dias, apenas poderá vender 30% de imediato; os restantes 70% apenas poderão ser vendidos daqui a 2 anos, garantindo que não há uma enorme pressão vendedores sobre o novo token que irá surgir.

Também relevante notar que, caso esta proposta seja aprovada sem mais alterações, será de todo conveniente a quem actualmente ainda possua USTs depositados no protocolo Anchor faça o levantamento dos mesmos para o endereço normal da sua carteira Terra, ficando, desta forma, elegível para o segmento “Detentores de UST/ Pós-ataque”.

Por fim, importa referir que a comunidade Terra é uma das maiores do mundo das Criptomoedas e tem enormes talentos a desenvolver aplicações dentro do blockchain. Seria uma enorme machadada na credibilidade e futuro das Criptomoedas caso o seu futuro não fosse de sucesso.

Destaques Autor
img:Luís Gomes

Luís Gomes