img:Bitcoin
Bitcoin - BTC
€ 0.482305610376 -1.12%
img:Ethereum
Ethereum - ETH
€ 2,25 -3.77%
img:Chiliz
Chiliz - CHZ
€ 0.930482163708 0.1%
img:XRP
XRP - XRP
€ 162,08 -1.81%
img:Shiba Inu
Shiba Inu - SHIB
€ 0.410909090884 -4.88%
img:USD Coin
USD Coin - USDC
€ 62.804,79 -2.35%
img:Cardano
Cardano - ADA
€ 3.537,14 1.79%
img:ApeCoin
ApeCoin - APE
€ 0.107596741282 -4.75%
img:Solana
Solana - SOL
€ 0.428134948552 -4.14%
img:MANA (Decentraland)
MANA (Decentraland) - MANA
€ 1,15 -2.19%
img:Bitcoin
Bitcoin - BTC
€ 0.482305610376 -1.12%
img:Ethereum
Ethereum - ETH
€ 2,25 -3.77%
img:Chiliz
Chiliz - CHZ
€ 0.930482163708 0.1%
img:XRP
XRP - XRP
€ 162,08 -1.81%
img:Shiba Inu
Shiba Inu - SHIB
€ 0.410909090884 -4.88%
img:USD Coin
USD Coin - USDC
€ 62.804,79 -2.35%
img:Cardano
Cardano - ADA
€ 3.537,14 1.79%
img:ApeCoin
ApeCoin - APE
€ 0.107596741282 -4.75%
img:Solana
Solana - SOL
€ 0.428134948552 -4.14%
img:MANA (Decentraland)
MANA (Decentraland) - MANA
€ 1,15 -2.19%
Mercado Bitcoin
Mercado Bitcoin
a- A+

O destaque da semana vai para o recente anúncio do líder da rede social Facebook, Mark Zuckerberg, que anunciou a intenção de tornar o Facebook uma empresa “Metaverso” durante os próximos 5 anos. A partir deste anúncio gerou-se uma verdadeira corrida ao “Metaverso”; mas o que é o Metaverso? O tema surgiu na década de 80 do século passado na literatura cyberpunk, com o livro Snow Crash.

A ideia representa a possibilidade de vivência numa “realidade paralela”, em alguns casos ficcional, em que uma pessoa pode ter uma experiência de total imersão nesse mundo digital. Tecnicamente, o Metaverso não é algo real, mas procura proporcionar uma sensação de realidade, adoptando uma estrutura do mundo real (moeda, activos, mercados…).

A partir desta ideia, vários jogos de vídeo surgiram, com destaque para o “Second Life”; apesar do pioneirismo, não vingou, por duas razões: (i) na altura existiam limitações tecnológicas, devido à reduzida capacidade de processamento, agudizado por ligações à Internet que na altura eram muito lentas; (ii) a expansão das redes sociais veio colocar um sério travão à sua expansão.

Porém, para gigantes de tecnologia, que passaram a investir na tecnologia de realidade virtual e no próprio Metaverso, como o Facebook e a Microsoft, o cenário mudou, ou está prestes a mudar; o avanço tecnológico, em particular a revolução blockchain, está a permitir: (i) menores custos dos aparelhos de realidade virtual; (ii) incremento substancial do realismo, gerando maior imersão na realidade virtual dos participantes.

Desta forma, as pessoas estão a ser atraídas por estas novas realidades: criar avatares, interagir com amigos, fazer compras, reuniões, ir ao trabalho ou à escola. No caso de jogos criados em tecnologia blockchain, o token do jogo é a moeda utilizada nas compras e vendas. É precisamente desses projectos que queremos falar esta semana. O primeiro é o token Sandbox (SAND) do blockchain Ethereum que foi lançado em 2011 pela empresa Pixowl. Esta empresa também desenvolveu o jogo de vídeo chamado Sandbox, com o mesmo nome da criptomoeda. Com as palavras do líder do Facebook, estes tokens dispararam de valor, em particular o SAND, que sobe quase 3000% no presente ano (ver a seguinte figura).

O jogo Sandbox é um mundo virtual que permite aos jogadores criar, construir, comprar e vender activos virtuais. Este jogo foi construído utilizando a tecnologia blockchain, em que a criptomoeda Sandbox é a moeda utilizada nas compras e vendas dos participantes do jogo.

O jogo Sandbox está a antecipar a nova realidade que se aproxima: Metaverso.

Outro projecto que gostaríamos de mencionar é o token Decentraland (MANA), co-fundada por Ariel Meilich e Esteban Ordano. Tal como o Sandbox, trata-se de um jogo de vídeo construído em tecnologia blockchainmais um Metaverso – dividido em 90.601 parcelas individuais de terra, cada uma delas representada por um token não fungível ERC-721. Cada parcela de terreno do jogo tem exactamente 16m x 16m (256 metros quadrados) e pode ser encontrada numa coordenada particular no Metaverso.

Embora os detentores de terras sejam livres para desenvolver a sua personalidade no jogo, grande parte do Metaverso é amplamente dividido em vários distritos, cada um dos quais com um tamanho e tema diferente. Esses distritos foram gerados por meio de crowdsales individuais para tokens MANA, e as parcelas de TERRA nesses distritos não podem ser negociadas. Em janeiro de 2021, o Aetheria, com o tema cyberpunk, é o maior distrito – compreendendo um total de 8.008 TERRAS.

O Decentraland utiliza uma estrutura de organização autónoma descentralizada (DAO) para as decisões de governança, tal como um Utility Token; como resultado, os detentores do token MANA podem definir as regras que gerem o mundo Decentraland, propondo e votando em actualizações de políticas, especificações dos próximos leilões LAND e o tipo de conteúdo permitido no Metaverso.

Vários participantes da Decentraland monetizam o seu TERRENO através do arrendamento, publicidade e experiências pagas. Outra forma de se obter receitas, consiste na criação e venda de itens no mercado Decentraland por troca de tokens MANA, ou seja, a moeda do ecossistema. A Decentraland (Mana) está em destaque no presente ano, com uma subida de 460% no presente ano, como podemos observar na seguinte figura.

Esta semana continuamos a registar correcções nas criptomoedas mais importantes, no entanto, destaque para a Binance Coin e Ethereum que registam subidas.

Sussuro da semana: FANTOM (FTM)

De que espera? Abra uma conta de criptomoedas com a Criptoloja, bastando clicar no seguinte botão.

Vamos Começar? ->

Destaques Autor
img:Mercado Bitcoin

Mercado Bitcoin