img:Bitcoin
Bitcoin - BTC
€ 62.799,11 -2.6%
img:Ethereum
Ethereum - ETH
€ 3.459,16 -0.4%
img:Chiliz
Chiliz - CHZ
€ 0.479754704 -1.9%
img:XRP
XRP - XRP
€ 0.425472401796 -4.64%
img:Shiba Inu
Shiba Inu - SHIB
€ 158,86 -4.01%
img:USD Coin
USD Coin - USDC
€ 0.4044118754 -5.77%
img:Cardano
Cardano - ADA
€ 0.105375815388 -5.98%
img:ApeCoin
ApeCoin - APE
€ 2,23 -4.68%
img:Solana
Solana - SOL
€ 0.930396397068 0.28%
img:MANA (Decentraland)
MANA (Decentraland) - MANA
€ 1,12 -5.72%
img:Bitcoin
Bitcoin - BTC
€ 62.799,11 -2.6%
img:Ethereum
Ethereum - ETH
€ 3.459,16 -0.4%
img:Chiliz
Chiliz - CHZ
€ 0.479754704 -1.9%
img:XRP
XRP - XRP
€ 0.425472401796 -4.64%
img:Shiba Inu
Shiba Inu - SHIB
€ 158,86 -4.01%
img:USD Coin
USD Coin - USDC
€ 0.4044118754 -5.77%
img:Cardano
Cardano - ADA
€ 0.105375815388 -5.98%
img:ApeCoin
ApeCoin - APE
€ 2,23 -4.68%
img:Solana
Solana - SOL
€ 0.930396397068 0.28%
img:MANA (Decentraland)
MANA (Decentraland) - MANA
€ 1,12 -5.72%
Luís Gomes
Luís Gomes
a- A+

Descubra como investir em Bitcoins, a criptomoeda revolucionária que tem conquistado os mercados financeiros, a verdadeira alternativa para os investidores em busca de lucros significativos.

Neste artigo, vamos explorar os fundamentos do Bitcoin, abordando desde a sua história, ao seu funcionamento, bem como as estratégias de investimento que podem maximizar os seus rendimentos financeiros.

Investir em Bitcoins pode parecer um desafio para aqueles que começam. Vamos tentar dar-lhe orientações claras e concisas para ajudá-lo a dar os primeiros passos com confiança. Iremos abordar os diferentes métodos de compra e guarda de Bitcoins.

Vamos ainda falar sobre formas de minimizar os riscos e maximizar as oportunidades de investimento, em particular estratégias de negociação e de análise de mercado. Não perca esta oportunidade de mergulhar no mundo das criptomoedas e desvendar o potencial do Bitcoin como um investimento.

O Bitcoin foi criado em 2008 por uma pessoa (ou grupo) sob o pseudónimo de Satoshi Nakamoto. Desde então, tornou-se cada vez mais popular e é considerado a primeira criptomoeda descentralizada.

Figura 1

Ao contrário do dinheiro tradicional, o Bitcoin não é controlado por uma autoridade central, como um Banco Central ou um governo. Em vez disso, funciona com a tecnologia blockchain, que é uma rede distribuída de computadores que verifica as transferências entre carteiras e mantém um registo público de todas as transações de Bitcoin.

Como uma forma de moeda digital, o Bitcoin oferece vários benefícios em comparação com as moedas tradicionais. Permite transações rápidas e baratas em qualquer parte do mundo, sem a necessidade de intermediários, como os bancos.

Por fim, o Bitcoin é considerado uma reserva de valor, semelhante ao Ouro, devido à sua oferta limitada. Apenas 21 milhões de Bitcoins podem ser criados, o que ajuda a proteger o seu valor contra a inflação.

O Bitcoin foi lançado oficialmente em janeiro de 2009, quando o primeiro bloco do blockchain do Bitcoin, conhecido como o “bloco de génese”, foi minerado. No início, o Bitcoin era pouco conhecido e tinha pouco valor. No entanto, à medida que mais pessoas se interessavam e passavam a usá-lo, o seu valor começou a aumentar significativamente.

Em 2010, a primeira formação de preços do Bitcoin teve lugar, estabelecendo-se em torno de 0,003 centavos de Dólar norte-americano (USD). Nos anos seguintes, o preço do Bitcoin teve períodos de alta e baixa, mas, em geral, tem experimentado um crescimento impressionante.

Figura 2

Em 2017, o Bitcoin alcançou o seu preço mais alto até então, chegando a quase 20 mil USD por Bitcoin. Esse aumento repentino no preço atraiu muita atenção sobre o Bitcoin e o mercado de criptomoedas como um todo. Desde então, o preço do Bitcoin tem sido volátil, com altos e baixos significativos. No entanto, muitos acreditavam que o Bitcoin tinha um potencial de crescimento significativo no longo prazo, e foi o que aconteceu.

Em 2021, no mês de novembro, o Bitcoin registou um novo máximo histórico: 67,5 mil USD por Bitcoin. A impressão massiva de dinheiro durante os anos da crise Covid-19, em que o Banco Central norte-americano aumentou o seu balanço em 5 biliões de USD, provocou uma subida generalizada de todos os ativos financeiros, em especial os que permitem uma proteção contra a inflação. Nesses anos, o Bitcoin desempenhou o papel de Ouro digital.

No início de 2022, os Bancos Centrais anunciaram um ciclo de subidas de juros, iniciando, assim, a redução do seu balanço, pelo que tivemos uma correção do preço do Bitcoin, com um mínimo de 15.787 USD na sessão de 21 de novembro de 2022. Desde então, tem vindo a recuperar até ter realizado recentemente um novo máximo histórico.

Em 2024, no dia 14 do mês de março, registou-se o novo máximo histórico: 73,75 mil USD por Bitcoin. Entre o mínimo ocorrido a 21 de novembro de 2022 e 14 de março de 2022 subiu 367%, um rendimento anualizado de 224%.

O Bitcoin funciona através de uma tecnologia chamada blockchain. Trata-se de uma rede distribuída de computadores que verifica as transferências entre carteiras e mantém um registo público de todas as transações de Bitcoin. Cada transação é agrupada num bloco e adicionada à cadeia de blocos, formando assim o blockchain.

A principal inovação do Bitcoin é a descentralização. Ao contrário das moedas tradicionais, que são controladas por uma autoridade central, como um Banco Central, o Bitcoin é controlado pelos próprios utilizadores da rede. Ou seja, isso significa que as transações são verificadas e confirmadas pelos computadores pertencentes à rede, denominados “mineradores”, que resolvem problemas matemáticos complexos para adicionar novos blocos ao blockchain.

A segurança do Bitcoin também é garantida pela criptografia. Cada transação de Bitcoin é protegida por chaves criptográficas, que são combinações únicas de letras e números que permitem que apenas o conhecedor dessas chaves possa aceder à carteira e transferir Bitcoins. Além disso, o blockchain do Bitcoin é imutável, o que significa que as transações registadas no blockchain não podem ser alteradas ou excluídas.

Investir em Bitcoin oferece uma série de benefícios para os investidores. Em primeiro lugar, o Bitcoin tem um potencial de valorização significativo. Ao longo dos anos, o preço do Bitcoin tem registado um crescimento impressionante, o que pode resultar em grandes lucros para os investidores. Esta subida deve-se fundamentalmente à depreciação das moedas fiduciárias, como o Euro ou o USD, e não o contrário, devido ao aumento expressivo do dinheiro em circulação. Além disso, o Bitcoin é considerado uma reserva de valor segura no longo prazo. Devido à sua oferta limitada, o Bitcoin é menos susceptível à inflação, pois as moedas fiduciárias estão sujeitas ao incremento incessante da sua quantidade em circulação sempre que há aumento do crédito concedido à economia através de reservas fracionadas. Isso significa o seguinte: ao investir em Bitcoin, pode proteger o seu património contra a desvalorização causada pela inflação.

Figura 3

Outra vantagem do Bitcoin é a sua liquidez. O Bitcoin pode ser facilmente comprado e vendido em corretoras de criptomoedas especializadas, como é o caso da Mercado Bitcoin, permitindo que os investidores convertam os seus Bitcoins em dinheiro rapidamente e sem complicações.

Uma das primeiras etapas ao investir em Bitcoins é escolher uma carteira confiável para armazenar as suas moedas digitais. Existem diferentes tipos de carteiras disponíveis, cada uma com as suas próprias características e níveis de segurança. A escolha de uma carteira adequada é fundamental para proteger os seus investimentos em Bitcoin.

As carteiras de Bitcoin podem ser divididas em duas categorias principais: carteiras online e carteiras offline.

As carteiras online, também conhecidas como carteiras web, são acedidas por meio de um navegador da web ou uma aplicação específica. São convenientes para o uso diário e oferecem fácil acesso aos seus Bitcoins. No entanto, as carteiras online estão mais susceptíveis a ataques de piratas informáticos. Por conseguinte, é essencial escolher uma carteira online de uma empresa respeitável e adotar medidas adicionais de segurança, como a autenticação de dois fatores.

Por outro lado, as carteiras offline, também conhecidas como carteiras de hardware ou carteiras físicas, são dispositivos físicos usados exclusivamente para armazenar Bitcoins. Essas carteiras oferecem um nível de segurança muito elevado, pois estão desconetadas da Internet e, portanto, imunes a ataques online. No entanto, a desvantagem das carteiras offline é a falta de conveniência, já que necessita de conectar o dispositivo físico ao computador sempre que desejar realizar uma transação. Apesar disso, muitos investidores optam por carteiras offline para garantir a máxima segurança dos seus Bitcoins.

Em resumo, a escolha da carteira de Bitcoin depende das suas necessidades e prioridades individuais. Se pretende realizar transações frequentes e necessita de fácil acesso aos seus Bitcoins, uma carteira online pode ser a mais adequada. Por outro lado, se a segurança é a sua principal preocupação e não se importa com a conveniência, uma carteira offline já será a opção preferível.

Figura 4

Independentemente da escolha, lembre-se sempre de adotar medidas de segurança adicionais para proteger os seus investimentos em Bitcoin.

Após explorar os fundamentos do Bitcoin, os métodos de compra e armazenamento de Bitcoins e pistas para maximizar oportunidades de investimento, surge a pergunta: o Bitcoin é um bom investimento?

A resposta a essa pergunta não é simples e depende de vários fatores individuais, incluindo a tolerância ao risco, objetivos financeiros e o conhecimento do mercado. O Bitcoin é conhecido pela sua volatilidade, o que significa que o seu valor pode flutuar significativamente em curtos períodos de tempo. Essa volatilidade pode resultar em oportunidades de lucro consideráveis, mas também pode levar a perdas substanciais.

No entanto, muitos acreditam que o Bitcoin tem um potencial de crescimento significativo a longo prazo. A crescente adoção do Bitcoin por empresas e instituições financeiras, bem como a escassez de moedas disponíveis, são fatores que podem impulsionar o seu valor no futuro. Além disso, o Bitcoin oferece uma alternativa descentralizada às moedas fiduciárias tradicionais, o que atrai investidores em busca de diversificação do seu portfólio.

No entanto, é importante lembrar que investir em Bitcoin, assim como qualquer outro investimento, envolve riscos. Portanto, é fundamental fazer uma análise cuidadosa dos seus objetivos financeiros, avaliar a sua tolerância ao risco e procurar orientação profissional, se necessário. Diversificar o seu portfólio e investir apenas uma parte do seu capital disponível em Bitcoin também são estratégias recomendadas para gerir os riscos associados a esse tipo de investimento.

Em última análise, a decisão de investir em Bitcoin é sempre sua! Compreender os fundamentos do Bitcoin, conhecer as estratégias de investimento e estar ciente dos riscos envolvidos são passos importantes para tomar uma decisão informada. O Bitcoin pode oferecer oportunidades significativas de crescimento e lucro, mas também deve estar preparado para a volatilidade e incerteza que acompanham a negociação de Bitcoins.

Portanto, se estiver disposto a assumir riscos e a explorar o mundo das criptomoedas, o Bitcoin pode ser um bom investimento para si. Mantenha-se atualizado com as últimas tendências do mercado, procure informações e esteja preparado para se adaptar às mudanças. O Bitcoin está a abrir as portas para um novo paradigma financeiro e está nas suas mãos decidir se deseja participar nesta revolução.

Destaques Autor
img:Luís Gomes

Luís Gomes